Pular para o conteúdo principal

Mamadas Noturnas...


Uma das coisas que mais me "traumatizou" foi o fato da Ana Luiza não dormir a noite toda e mamar até esfolar meus pobres peitos... A menininha parecia uma bezerra e não dava trégua. Queria ficar pendurada no peito o dia todo e quando ela estava (aparentemente) adormecida e eu dava a chupeta era escândalo na certa. Então, ela ficava no peito por tem indeterminado, sugando leite e todas as minhas energias...hahahahahaha

Quando saí da maternidade eu achava ela pequena demais (nasceu com 3,525 e 49cm, logo não era pequena, uiaaaaa) e vivia na nóia de que a menina estava com fome. Também me orientaram a acordá-la (inclusive de madrugada) de 3 em 3 horas. Lógico que eu segui a orientação a risca e quando a baixinha estava no melhor do sono eu ia lá, acordava a coitadinha e enfiava ela no peito. Coisas de mãe neurótica de primeira viagem! Minha sogra ria da situação, mas como ela tinha prometido ao Rafa não interferir, nunca me disse: "Alowwwwwwwwwww!!! Se ela estiver com fome vai acordar e chorar! Pára de encher o saco da menina de madrugada! Dã!!!!!!" Hoje rimos da situação, mas na época foi f**a! Porque ela passou a acordar de hora em hora. Coitada de mim e dos meus peitos!

A pequena mamou no peito até os 8 meses. Simplesmente abandonou e eu não insisti. Sentia que minha missão estava cumprida. Nessa época ela já dormia mais e eu já não parecia um zumbi saído do clipe Thriller. Mas ainda assim, acordava a noite e mamava. As vezes até 3 vezes. Uiaaaaa! Tem dias que ela me abençoa com noites inteirinhas de sono, 12h diretão, e eu acordo super bem, me sentindo uma adolescente. Diliçaaaaaaaaa!!!

Agora, no auge dos seus 17 meses, ela resolveu que precisa mamar 2 vezes na madrugada. E não é charme não, é fome! Ela acordo e pede: "Mamá! Mamá!" E não tem colinho e cheirinho que resolvam. Ela só sossega depois de 250ml de mamá, daí dorme mais umas 5/6 horas e acorda chamando o mamá.

Realmente, tenho uma bezerrinha em casa. Tenho saudades de quando ela era RN e mamava no peito até deixa-los em carne viva, mesmo quando ela acordava zilhões de vezes na madruga. Era tão prático... acorda, abre blusa, puxa a peitchola e tcharam! Leite quentinho e esterelizado no capricho! Era tão maravilhoso, sentir o leite descer, ter aquele serzinho grudado em mim e ver aquela carinha de felicidade depois. Hoje a gente brinca de bebê e ela coloca a boquinha por cima da minha blusa e finge que está mamando. Pra gente ver que mesmo depois de quase 10 meses sem mamar no peito, o bichinho ainda lembra. Amamentação é tudo de bom, o vínculo que temos, o carinho que trocamos... não há no mundo coisa melhor!

As mamadas noturnas me deixam pregada no dia seguinte, mas não posso negar que mesmo morrendo de sono é muito bom pegar minha pequena no colo e dar o mamazinho dela. Quando ela termina, ela sorri e diz "bô" e dorme novamente o soninho dos justos. E eu vou zumbizando pra cama, agarrar o papai e dormir até o próximo: "Mamãe, mamá!"

Comentários

Que querida, amiga. 'Bô'! Fofa!!
Os meus já dormem direto, amiga, hoje em dia. Mas quando bebês a pediatra me orientou a não acordar de madrugada, nem mexer em fraldas, a menos que tivesse cocô. Não adiantou nada, Luana sentia uma fome 'canina', passava acordando pra mamar seus 45 minutos nos peitos. E Lucas, tadico, sentia cólicas horríveis, mamava, chorava, vomitava e mamava. Coitado.
Só até o 3º mês, depois entramos com medidas mais drásticas e ele mamava religiosamente de 3em3, depois dos 3.
E no outro dia eu tava num prego daqueles.
Esses dias tava conversando com Luisao e lembrei como eram as noites insones com eles, cada um do seu jeitinho, mas INSONES. E ele falou que agora com o 3º bebê, a gene vai ter mais prática (parece até que o bebê não vai sentir fome de madrugada, hahahahahaha) e não vai ficar tão cansado. Sabe que eu discordo, e discorde dele. Acho que cansei mais com Lucas, porque já tinha a Lu, e cansarei mais com o 3º, porque terei os dois. Será que não?
Enfim... Concordo contigo, coisa boa ter aquele ser pequeno nos olhando e a gente sentindo o leite descer. Tudo de melhor, mesmo.
Beijos, querida!!
Até o próximo mamá!
Pri*Das*Fadas disse…
Aiii, acordar de madrugada é fogo.
João e Alice regularizaram logo o sono deles, agora a Clara... ´ta demorando é muitooo.
Mas tbm não ligo de acordar pra dar mama. Acho que daqui uns anos eu vou sentir falta disso. Deixa ela mamar o que quiser e o quanto quiser, mas que arrote logo, pq ela demora eternidade para arrotar de madrugada kkkk.
Beijoca em vcs!
Família Bastos disse…
Hahahahahahahahahahahahaha Benza Deus por essa gulosa que vc tem ai. Eu aproveito as epocas bezerrinhos famintos aqui em casa, porque as vezes, o Pedro decide nao comer. Eu fico pra morrer.

Adorei a parte do zumbi do Thriller. Realmente, no primeiro mes de RN em casa, a gente passa por um processo de "embarangamento" que so Jesus na causa kkkkkkkkkkk Eu fico boba como as mulheres conseguem quebrar o resguardo nessa epoca. Sai leite do peito, coisa la de baixo, a gente fica mal humorada... kkkkkkkk Nao me sinto nada sexy hauahauah

Bjs
Tenho um bezerrinho aki em casa é igualzinho....
As vzs brigo com ele para dar um tempo...
Fabi Amiga num li tudo volto depois para ler melhor...
Bitocas♥
Boa Noite
Meninas, essa noite fui "presenteada" com uma noite completa de sonhos! Wowwwwwww!!! \o/

*Cris, eu achava que a gente adquiria mais prática com o segundo bebê! Hahahahahaha! Mas acho que como cada um é cada um, a gente ainda toma uns bailinhos básicos! Hehehe

*Pri, sabe que eu não colocava a Ana Luiza pra arrotar quando viemos da maternidade. Minha sogra me olhou, super espantada, quando eu disse que não sabia que tinha que fazer isso... Dã! Hehehehehe

*Julita, concordo plenamente que vivemos essa fase de embarangamento. Não gosto nem de lembrar! Eca! Eu cumpri meu resguardo à risca. Tava podreeeeee! Mas agora, tou quase "no ponto" novamente...kkkkkk

*Dani que sarro!!! Os bezerrinhos estão espalhados pelo mundo! Hahaha

Obrigada pelos comentários!
Fá, acho que adquirmos mais prática, sim, mas não que não tomemos uns bailões, hehehehe.
Pque cada um é bem individual, né?
Ele acha que não teremos noites insones, por sabermos lidar com bebes, hahahaha, eu acho que isso vai nos ajudar, mas RN é RN, não adianta.
E é tão bom, né? Saudades de bebê aqui em casa.
Parabéns pela noite toda de sono!!
Beijos!!
KKKKKKKKKKK

adorei o bô dela .kk

tadinha a bichinha acorda varada de fomeeeeeee ..

amiga mãe de primeiro tem mania de acordar filho de madrugada né..kkk

eu fiz isso cm o primeiro e de quebra ganhei ate hoje com 9 anos , um mãeeeeeeee quero leite , isso as 2 da manhã e depois as 6 ..kkkkkk

enfim coisas da vida .

já com a Malú eu não fiz isso e desde os dois meses e menina dorme a noite toda , salvo os dias que o maldito refluxo ta atacado.. mas mesmo assim não é sempre ..

com o segundo vc tira esta mania ..kkk


bjossssssss

Postagens mais visitadas deste blog

Adenóide

Ana Luiza sempre teve um sono meio agitado, mas eu achei que isso era dela. Mas dormindo com a gente, mesmo agitada, ela dormia.
Então, um belo dia, ela foi dormir na casa da avó e ela me perguntou como a gente conseguia dormir com a barulheira e agitação da Ana. Dei risada, porque achava que era coisa de avó, mas uma luzinha vermelha acendeu e comecei a prestar atenção nas madrugadas. 
Gente, que dó! Que MENAS MAIN! Ana Luiza ronca horrores, chega a ficar sem ar, respira só pela boca... Comentei com a pediatra e ela me disse que poderia ser adenóide. Lá fui eu "googlar" o que era essa tal de adenóide. Grosseiramente falando é uma "carninha" que se forma no fundo do nariz e que atrapalha a entrada de ar. Ela pode se resolver sozinha até os 6 anos, mas alguns casos resolve-se com uma cirurgia simples. Cirurgia = MEDO!
Fizemos o raio-X solicitado e apareceu um comprometimento de 2/3. 2/3!!!! PQP!!! Então, a pediatra prescreveu homeopatia para que fossemos acompanhan…

Doença da mão,pé e boca - Doencinha das Trevas

Sábado, casório pra gente ir. Quando é comecinho de tarde, Gu começa a apresentar uma febre muito da esquisita. Alta, sem nenhum outro sintoma. Um bichinho me cutucou, lembrei do bilhete que veio na agenda sobre casos de Roséola. Rá, só pode ser isso. Anti-térmico, colo, água, paciência. Adeus festerê noturno. Nossa balada da madruga será com um bebezão com febre. 
Quando é de noite, vejo que ele tem dificuldades pra engolir. Nem o mama vai direito. Dispenso a roséola e penso: "Garganta! Só pode!" Noite agitada, bebê com febre, dor, chororô. Seguimos em turno, eu e Rafa, dando conta do mal estar do mocinho. Quando brilha o Sol, simbora pro PS. A febre tinha dado trégua, mas garganta é dureza, muitas vezes só ATB resolve e ATB só com receita médica.
Fila, espera, várias crianças com o mesmo quadro. Mudança de tempo é nisso que dá. A plantonista nos atende, aquele protocolo normal, quando vê a garganta, dispara: "Olha só como está inflamada!". Parecia uma couve-flor…

Enjôo x Fome

Já estamos na 9ª semana de gestação. Nessas horas eu acho que o tempo se arrastaaaaaaaaa, mas tudo bem. A novidade, não tão novidade assim é que os enjôos não deram trégua. Parece até que pioraram... Oh, céus!


Eu acordo já com dores e com uma vontade horrenda de colocar tudo (?) pra fora. Mas ao mesmo tempo que estou super enjoada, eu quase morro de fome. Mas fome por comida, não por café da manhã. Eu tenho vontade de matar um pratão de feijoada com muita costelinha, bacon e arroz. Daí, penso nisso e passo mal... hahahahahaha... não consigo entender... sério!

Hoje mesmo, acordei e quase botei os bofes pra fora. Na frente da Ana Luiza. Imaginem a carinha de assustada que ela fez. Ainda bem que foi só alarme falso...


O que tem ajudado, pouco, é água bem gelada, com gás. Eu que estava achando que a Coca-Cola iria ser minha melhor amiga, me enganei. Até tomo, mas prefiro água com bolinhas - como diz a Donana. Parece que aquele fundinho doce do gosto da Coca me deixa ainda mais enojada.


Outras…