Pular para o conteúdo principal

Qual o problema?

Alguém aí me ajuda?

Ana Luiza está com sérios problemas pra dormir. Sério... e não é manha, não é c* doce, não é doença (que eu saiba). Alguma coisa está acontecendo e eu não estou conseguindo identificar. Aliás, nem eu, nem o Rafa, nem ninguém!

Desde que mudou esse horário maledeto (pode ser coincidência) a pequena está pirando na batatinha na hora de dormir. Sempre mantemos a rotina dela. Chega em casa da escola, toma uma mamá, depois janta, banho, mamá e berço. Ela estava dormindo relativamente bem, acordava uma vez, eu ia lá, ninava e ela capotava (tem os episódios em que ela resistia, mas geralmente funcionava). Agora ela simplesmente acorda aos berros, ainda dormindo, parece que está com dor, que está tendo pesadelo. Sei lá!

Ontem, ela estava mamando, praticamente capotada, quando, do nada, ela começou a berrar e chorar. Sério, parecia que tinha visto alguma coisa ou que estava sendo espancada. NADA resolvia. Levei ela pro meu quarto, o Rafa acalentou ela e ela capotou. Ficou mole, mole, roncandinho. Não deu nem 1hr e ela acordou novamente, aos berros, esperneando. Mais uma vez, NADA RESOLVIA. E assim ela foi até quase meia-noite, quando ela dormiu (com a gente). A partir das 3 da matina parecia que tinham dado corda nela. Ela girou a cama inteira, tipo ponteiro de relógio, dormindo e resmungando. Dando cabeçadas no travesseiro, nas nossas costelas e nos nossos rostos. Sabe aquele sono mega-master-blaster agitado?! Aquele que é só de ficar de olho fechado, mas que cansa mais do que trabalhar de estivador por 24h seguidas? Então, mais ou menos assim.

Esse negócio de "caminhar feito ponteiro de relógio" enquanto dorme já tem acontecido há bastante tempo. Cansei de chegar no quarto dela e ela estar com a cabeça no pé do berço.

Já fiz zilhões de pesquisas na internet, mas não acho nada. Amanhã ela tem consulta de rotina com a pediatra homeopata e vou dar uma conversada com ela. Hoje, vou tentar banho e chá de camomila. Vamos ver se ajuda!

Entonces, a pergunta que não quer calar, alguém aí já passou por algo semelhante? Uma luz, pleaseeeeeeee!!!

Beijos

Comentários

Dina disse…
Aiaiai banho nela... qm sabe a camomila resolve, espero que sim. Bjs
Amiga isso não é refluxo não ??

sono agitado , acorda chorando .. ai sei lá minha vida e em torno da alergia alimentar e quando ela não esta bem eu logo desconfio de algo que fez mal mesmo e atacou o refluxo ..

refluxo altera o humor , o sono .. e e uma coisa que a gente quase ou nunca desconfia com a idade dela ..

espero que descubra logo ..

bjosssss
Pri disse…
Jááááá passei sim!!!
Passei com o João, terror noturno.
Passei com a Alice (e ainda passo). Ela acorda berrando, parece tortura. Umas 2 ou 3 vezes de noite. O que resolveu é falar bem baixinho no ouvidinho dela enquanto ela berra: Calma, a mamãe tá aqui, eu te amo, estou aqui para te proteger!!!
Sem colocar a mão nela.
Funcionou aqui!
E o que eu aprendi com 3 filhos? Tudo é fase. Tudo passa. Se nao passar... daí lascou hahahahaha!
Beijos e boa sorte!!
Cris disse…
Fabi, conta depois o que a pediatra disse...
Os meus dormiram bem depois dos 15 meses.
Mas não será um pico do crescimento?
Beijos
Meninas, obrigada pelos recadinhos!
Entonces, ontem dei um super banho de camomila na bichinha e, tchan tchan tchan tchan: ELA ACORDOU 7 VEZES DURANTE A NOITE.
Tô só o pau do pirulito, a capa da gaita!
Hj tivemos consulta e a pediatra passou medicação pra rinite (atacada, pra variar!) e conversamos muito sobre isso.
Chegamos a conclusão de que é comportamental. Vou fazer o tratamento da rinite por 15 dias, acabar com o nariz entupido que acorda ela e depois trabalhar essa parte comportamental. OMG! A pediatra disse que devo seguir meus instintos, mas começo a desconfiar que vim com defeito de fábrica: SEM INSTINTOS! Hehehehhe
Mas vamos lá! Força na peruca!
Beijos

Postagens mais visitadas deste blog

Adenóide

Ana Luiza sempre teve um sono meio agitado, mas eu achei que isso era dela. Mas dormindo com a gente, mesmo agitada, ela dormia.
Então, um belo dia, ela foi dormir na casa da avó e ela me perguntou como a gente conseguia dormir com a barulheira e agitação da Ana. Dei risada, porque achava que era coisa de avó, mas uma luzinha vermelha acendeu e comecei a prestar atenção nas madrugadas. 
Gente, que dó! Que MENAS MAIN! Ana Luiza ronca horrores, chega a ficar sem ar, respira só pela boca... Comentei com a pediatra e ela me disse que poderia ser adenóide. Lá fui eu "googlar" o que era essa tal de adenóide. Grosseiramente falando é uma "carninha" que se forma no fundo do nariz e que atrapalha a entrada de ar. Ela pode se resolver sozinha até os 6 anos, mas alguns casos resolve-se com uma cirurgia simples. Cirurgia = MEDO!
Fizemos o raio-X solicitado e apareceu um comprometimento de 2/3. 2/3!!!! PQP!!! Então, a pediatra prescreveu homeopatia para que fossemos acompanhan…

Doença da mão,pé e boca - Doencinha das Trevas

Sábado, casório pra gente ir. Quando é comecinho de tarde, Gu começa a apresentar uma febre muito da esquisita. Alta, sem nenhum outro sintoma. Um bichinho me cutucou, lembrei do bilhete que veio na agenda sobre casos de Roséola. Rá, só pode ser isso. Anti-térmico, colo, água, paciência. Adeus festerê noturno. Nossa balada da madruga será com um bebezão com febre. 
Quando é de noite, vejo que ele tem dificuldades pra engolir. Nem o mama vai direito. Dispenso a roséola e penso: "Garganta! Só pode!" Noite agitada, bebê com febre, dor, chororô. Seguimos em turno, eu e Rafa, dando conta do mal estar do mocinho. Quando brilha o Sol, simbora pro PS. A febre tinha dado trégua, mas garganta é dureza, muitas vezes só ATB resolve e ATB só com receita médica.
Fila, espera, várias crianças com o mesmo quadro. Mudança de tempo é nisso que dá. A plantonista nos atende, aquele protocolo normal, quando vê a garganta, dispara: "Olha só como está inflamada!". Parecia uma couve-flor…

Enjôo x Fome

Já estamos na 9ª semana de gestação. Nessas horas eu acho que o tempo se arrastaaaaaaaaa, mas tudo bem. A novidade, não tão novidade assim é que os enjôos não deram trégua. Parece até que pioraram... Oh, céus!


Eu acordo já com dores e com uma vontade horrenda de colocar tudo (?) pra fora. Mas ao mesmo tempo que estou super enjoada, eu quase morro de fome. Mas fome por comida, não por café da manhã. Eu tenho vontade de matar um pratão de feijoada com muita costelinha, bacon e arroz. Daí, penso nisso e passo mal... hahahahahaha... não consigo entender... sério!

Hoje mesmo, acordei e quase botei os bofes pra fora. Na frente da Ana Luiza. Imaginem a carinha de assustada que ela fez. Ainda bem que foi só alarme falso...


O que tem ajudado, pouco, é água bem gelada, com gás. Eu que estava achando que a Coca-Cola iria ser minha melhor amiga, me enganei. Até tomo, mas prefiro água com bolinhas - como diz a Donana. Parece que aquele fundinho doce do gosto da Coca me deixa ainda mais enojada.


Outras…