Pular para o conteúdo principal

Sobre o post anterior

No post anterior, contei que estava cheia de novidades e realmente estou. Como o tempo é corrido (aproveitando a soneca do Gu e uma ida ao banheiro da Ana) vou tentar colocar em pontinhos tudo que tem acontecido por aqui.

*Mudamos a Ana Luiza de escola. Pois é, mais uma vez. Ela, na realidade, voltou pra escola antiga, mesma escola do irmão. Pra gente fica mais prático ter os dois na mesma escola e como a da Ana não tinha berçário e sinalizou alguns problemas, optamos por colocar a baixinha na antiga escola. O primeiro dia dela foi sexta e ela simplesmente AMOU. Não chorou pra ficar, se comportou direitinho, fez as atividades, balé e somente recusou a janta (sopa de feijão). Quando fui buscar estava cheia de novidades pra contar. Fiquei super feliz!

*O comportamento da baixinha tem oscilado entre super fofa e super irritante. Confesso que é um treino e tanto para adquirir nervos de aço e paciência de monge tibetano, mas a maior parte do tempo ela está um docinho. Tem me ajudado muito (quando quer) e cada dia que passa vem com umas histórias pra lá de engraçadas. O gênio dela é fogo, dificilmente ela desiste de algo que quer e sempre tenta dar "o tombo" na gente com essas histórinhas fofas pra boi dormir. Rá!

*O Gu está uma delicinha. Agora, com quase 6 meses (a serem completados dia 14/09) ele está treinando novas habilidades. Finalmente, aprendeu a virar (mãe neurótica.com, normal!)! Fiquei super emocionada quando ele conseguiu. Está treinando pra sentar, tagarela um monte de "dádádá" e "tetetetetetetete", uma delícia ouvir a voz dele.

*O cabelo dele parou de cair, ao contrário do meu que cai aos tufos toda vez que lavo e escovo. Coitada da minha diarista, que limpa uma peruca toda vez que vem pra faxina. Mas voltando ao cabelo do Gu... está crescendo, mais loiro do que vermelho, e está uma gracinha!

*Mais uma mudança. Achamos uma pediatra homeopata super legal e o mais legal ainda é que ela atende pelo plano de saúde. Meu bolso agradece! Com essa mudança de escola, pagar pediatra particular ia pesar um pouco mais do que o esperado. A consulta foi semana passada. Consulta sem pressa, muitas perguntas, muita conversa. Ela não me pregou na cruz por fazer CC com a Ana Luiza, pelo Gu estar comendo antes de 6 meses, etc... Não é do tipo que julga, mas do tipo de orienta. Ponto pra ela! Ela passou algumas homeopatias pro Gu, que ainda está com tosse. Pra Ana que tem roncado mais que carro velho e pediu um raio-X também. Mas só pro final do mês. Pesos e medidas da consulta: Ana Luiza: 14,800 e 1,01m. Gustavo: 8,400 e 68,2cm. Haja braço pra carregar esses dois fofildos!

*Alimentação do Gu. Ele A-DO-RA as papas salgadas e mingauzinhos, mas experimenta colocar uma bananinha amassada ou maçã raspadinha na boca do alemãozinho... ele simplesmente VOMITA. Já nem sei mais o que fazer pra ele aceitar frutas... alguma dica?!

*E, a última, mas não menos importante: EU! Ainda estou trabalhando 1/2 período, mas a "mamata" tem dia e hora pra terminar. 03/10/11 às 9h, retorno ao trabalho em período integral. Já treinei alguns dias como vai ser: acordar, dar mamá, arrumar Ana, arrumar Gu, me arrumar, dar café da manhã pra Ana, colocar todos no carro e zarpar. É bastante coisa, mas assim, não é impossível. Tem que seguir um cronograma, mas vai dar certo, TEM QUE DAR! kkkkkk.. Ando cansada com a rotina puxada, mas já enxergo, lá no horizonte as férias de final de ano, calor e praia. Acho que aí sim vou conseguir recarregar (um pouco) minhas baterias. Estou com saudades do calor, queria que meu cabelo parasse de cair, queria ir ao salão de beleza fazer unhas e depilação, queria tanta coisa... mas ao mesmo tempo tenho tudo o que sempre desejei: família linda, saúde, trabalho e um maridão maravilhoso!

Olha só, o post até que rendeu bastante... Gu continua dormindo, Ana Luiza já saiu do banheiro e agora me despeço! Vou acordar o Gu pra almoçar, escovar os dentes da baixinha e rumar pro trabalho!

Fui!

Beijokas

Comentários

Fernanda disse…
Adorei o post!! Só novidades boas..
Apesar da trabalheira é bom demais ser mãe, não??
Beijos
Carol Garcia disse…
ai quanto tempo!!!!!
afff...que desnaturada eu, não???
tá, mas o bom é que eu cheguei aqui num post cheio de novidaes e já me atualizei um tanto.
kkkkk

bjocas
Olá, estou passando aqui para convidar você para conhecer meu DOCE blog.

Quando puder passe por lá, vai ser prazer ter sua companhia.

www.tatidesignercake.blogspot.com
soumaeeagora disse…
Ser mãe dá trabalho, mas é a melhor coisa do mundo!!! beijoss

Postagens mais visitadas deste blog

Enjôo x Fome

Já estamos na 9ª semana de gestação. Nessas horas eu acho que o tempo se arrastaaaaaaaaa, mas tudo bem. A novidade, não tão novidade assim é que os enjôos não deram trégua. Parece até que pioraram... Oh, céus!


Eu acordo já com dores e com uma vontade horrenda de colocar tudo (?) pra fora. Mas ao mesmo tempo que estou super enjoada, eu quase morro de fome. Mas fome por comida, não por café da manhã. Eu tenho vontade de matar um pratão de feijoada com muita costelinha, bacon e arroz. Daí, penso nisso e passo mal... hahahahahaha... não consigo entender... sério!

Hoje mesmo, acordei e quase botei os bofes pra fora. Na frente da Ana Luiza. Imaginem a carinha de assustada que ela fez. Ainda bem que foi só alarme falso...


O que tem ajudado, pouco, é água bem gelada, com gás. Eu que estava achando que a Coca-Cola iria ser minha melhor amiga, me enganei. Até tomo, mas prefiro água com bolinhas - como diz a Donana. Parece que aquele fundinho doce do gosto da Coca me deixa ainda mais enojada.


Outras…

Doença da mão,pé e boca - Doencinha das Trevas

Sábado, casório pra gente ir. Quando é comecinho de tarde, Gu começa a apresentar uma febre muito da esquisita. Alta, sem nenhum outro sintoma. Um bichinho me cutucou, lembrei do bilhete que veio na agenda sobre casos de Roséola. Rá, só pode ser isso. Anti-térmico, colo, água, paciência. Adeus festerê noturno. Nossa balada da madruga será com um bebezão com febre. 
Quando é de noite, vejo que ele tem dificuldades pra engolir. Nem o mama vai direito. Dispenso a roséola e penso: "Garganta! Só pode!" Noite agitada, bebê com febre, dor, chororô. Seguimos em turno, eu e Rafa, dando conta do mal estar do mocinho. Quando brilha o Sol, simbora pro PS. A febre tinha dado trégua, mas garganta é dureza, muitas vezes só ATB resolve e ATB só com receita médica.
Fila, espera, várias crianças com o mesmo quadro. Mudança de tempo é nisso que dá. A plantonista nos atende, aquele protocolo normal, quando vê a garganta, dispara: "Olha só como está inflamada!". Parecia uma couve-flor…

Adenóide

Ana Luiza sempre teve um sono meio agitado, mas eu achei que isso era dela. Mas dormindo com a gente, mesmo agitada, ela dormia.
Então, um belo dia, ela foi dormir na casa da avó e ela me perguntou como a gente conseguia dormir com a barulheira e agitação da Ana. Dei risada, porque achava que era coisa de avó, mas uma luzinha vermelha acendeu e comecei a prestar atenção nas madrugadas. 
Gente, que dó! Que MENAS MAIN! Ana Luiza ronca horrores, chega a ficar sem ar, respira só pela boca... Comentei com a pediatra e ela me disse que poderia ser adenóide. Lá fui eu "googlar" o que era essa tal de adenóide. Grosseiramente falando é uma "carninha" que se forma no fundo do nariz e que atrapalha a entrada de ar. Ela pode se resolver sozinha até os 6 anos, mas alguns casos resolve-se com uma cirurgia simples. Cirurgia = MEDO!
Fizemos o raio-X solicitado e apareceu um comprometimento de 2/3. 2/3!!!! PQP!!! Então, a pediatra prescreveu homeopatia para que fossemos acompanhan…